Notícia

SAIU NA EXAME

sábado, 08 de junho de 2019
OS DESAFIOS DE SER EMPREENDEDOR NO BRASIL DA ATUALIDADE

Empreender no Brasil nunca foi fácil e é ainda mais desafiador do que a maioria das pessoas imagina. Segundo Fabrício De Nadai, empresário do setor de alimentação corporativa, sócio-diretor das empresas De Nadai Alimentação e Convida Alimentação, alguns desses desafios são óbvios e outros, no entanto, você só descobre quando o negócio começa a funcionar.

Porém, apesar dos obstáculos mencionados pelo empresário, não são poucas as pessoas que se dispõem a encarar a realidade de abrir a sua própria empresa no país. Segundo a pesquisa “Empreendedorismo no Brasil 2017”, do Global Entrepreneurship Monitor (GEM) e coordenada pelo Instituto Brasileiro da Qualidade e Produtividade (IBQP), 36,4% dos brasileiros com idades de 18 a 64 anos conduziam algum tipo de atividade empreendedora em 2016, fosse na criação ou no aprimoramento de um novo negócio ou na manutenção de algo já estabelecido.

Isso se traduz em um contingente de 49,3 milhões de empreendedores, segundo o levantamento. Mas quais são os caminhos capazes de conduzir um empreendimento ao sucesso ou ao fracasso? “Vale a pena investir em seus sonhos e ir em busca de abrir seu negócio. Porém, é preciso estar consciente de todo o processo e dificuldades, se preparar e se cercar de bons profissionais. Assim, você estará pronto para obter os melhores resultados e ter sucesso em seus negócios, gerando empregos e contribuindo para o crescimento do país”, declara Fabrício De Nadai.

Ainda de acordo com o empresário, um ponto fundamental para quem quer abrir um negócio próprio é conhecer os detalhes do setor em que a pessoa deseja trabalhar. “As melhores estratégias para um empreendimento são fruto de muito planejamento, antes de tudo. E o êxito de um projeto nasce, entre outros pontos, do máximo de informações que você tenha sobre a área em que irá atuar”, orienta Fabrício De Nadai. 

É preciso ter em mente que erros e acertos compõem a trajetória de qualquer empresa. Porém, ainda segundo o empresário, saber aprender com cada passo, seja equivocado ou certeiro, ajuda a corrigir rotas e seguir melhorando a cada dia. Com 40 anos de história, a De Nadai conquistou autoridade ao longo do tempo no setor de alimentação corporativa, no qual é uma das líderes de mercado.

Para entender a dimensão desse segmento no país, por exemplo, basta analisar alguns números. De acordo com dados da Associação Brasileira das Empresas de Refeições Coletivas (Aberc), em 2017 o mercado de refeições coletivas forneceu 12 milhões de refeições por dia, onde foram consumidas 7 mil toneladas de alimentos. O setor movimentou R$ 19 bilhões no ano e empregou diretamente 210 mil pessoas.

O crescimento da alimentação corporativa é destaque, segundo Fabrício De Nadai. “Muitas empresas contratam os serviços ao entender que apenas uma companhia especializada garante uma alimentação saudável e uma experiência completa à mesa”, resume o empresário. Ao todo, 2.500 pessoas são empregadas pela De Nadai, que serve 40 mil refeições diárias. Atualmente, a empresa opera 200 restaurantes corporativos para clientes de diversos segmentos como industrial, administrativo, financeiro e farmacêutico, além de serviços de hotelaria marítima para plataformas e navios.

Website: https://www.denadai.com.br/

Fonte: Por Dino 1 mar 2019, 04h49- Atualizado em 1 mar 2019, 16h39 www.exame.com.br